Bioplastia Bumbum

 
Entrar no site Entrar no site
 
 
Telefone
 
 

Bioplastia Bumbum

Bioplastia Bumbum

A Bioplastia Bumbum (Bioplastia de Glúteos) permite realizar algumas mudanças como redefinir a forma do bumbum, elevá-lo e aumentar seu volume. O resultado é um bumbum harmônico, com a forma e o volume desejados, além de um aspecto mais empinado. Este procedimento é indicado em vários casos, entre eles os de glúteos pequenos e de formato achatado ou, ainda, aqueles que são desproporcionais ao corpo.

Exemplo: a depressão trocantérica (lateral do bumbum) é um aspecto desfavorável em um glúteo feminino. Essa depressão pode ser preenchida com polimetilmetacrilato (PMMA), um implante líquido que torna o glúteo mais feminino e arredondado.

Este é um dos procedimentos mais procurados nas Clínicas de Bioplastia, sendo realizado praticamente todos os dias. Sua procura se dá tanto em pessoas das diversas regiões do país, bem como, de outros lugares do mundo. O Brasil é há muito tempo, referência noque se refere ao corpo perfeito de glúteo saliente.

A Bioplastia Bumbum (Bioplastia de Glúteos) tem se revelado uma forma bastante eficaz para o procedimento para aumento de glúteos. O implante é realizado ambulatorialmente, onde se faz uso de anestesia local. Neste tipo de plástica o paciente pode acompanhar todo o processo acordado e conversando com o médico, de modo a participar ativamente. O implante utilizado na Bioplastia de Glúteos pode ser absorvível ou definitivo, o que deve ser avaliado junto ao médico responsável.

No Brasil, o produto mais utilizado é o Metacrill® devidamente autorizado pela Anvisa, liberado no país há mais de dez anos. Uma prótese pequena de silicone possui 300 ml, enquanto que na Bioplastia, é possível colocar diversas quantidades e atingir o volume desejado gradualmente. As atividades físicas no grupo muscular tratado somente podem ser retomadas entre sete (7) e dez dias após o implante.

Como é realizada a Bioplastia Bumbum (Bioplastia de Glúteos)

1 - Limpeza da pele;

2 - Com o paciente sentado com a coluna reta é feita uma das marcações na linha de apoio;

3 - Numeramos cada glúteo com quatro (4) quadrantes dentro da marcação com o molde;

4 - Antissepsia do local;

5 - Colocação de campos estéreis.

Em cada glúteo é introduzida uma microcânula, por um único orifício mínimo, atuando como uma injeção, sem sangramentos nem necessidade de curativos. Essa microcânula possui uma ponta atraumática, que não permite lesão do feixe vásculo-nervoso. A anestesia é realizada com uma cânula, pela qual se introduz um tubete de anestésico local em cada quadrante. Pode ser feita, também, com uma solução de Klein. Após a anestesia, a microcânula é introduzida.

A quantidade de PMMA varia de acordo com a indicação. Para o implante de volumes maiores, o procedimento é realizado em etapas. Em uma primeira aplicação é razoável utilizar de 80 a 150 ml do produto por glúteo, divididos igualmente para cada quadrante. A bioplastia dos glúteos proporciona um resultado definitivo e homogêneo, além de ser um procedimento praticamente indolor, não cirúrgico e sem pós-operatório. Esse procedimento também tem sido realizado por muitos homens que procuram melhorar a harmonia dos glúteos.

Com a finalidade de esclarecer totalmente aos pacientes informamos

Que as Especialidades Médicas pelas normas do Conselho Federal de Medicina são as estabelecidas pela Resolução CFM Nº 1.763/05 (http://www.portalmedico.org.br/resolucoes/cfm/2005/1763_2005.htm)

Que todos os médicos especialistas e suas especialidades constam nos sites: http://www.cadastronacionalmedico.org
ou http://www.portalmedico.org.br/novoportal/index5.asp

FONTE: clinicaleger